Alergia alimentar em bebês

A alergia é uma característica congênita ou hereditária do corpo para reagir de forma incomum às coisas habituais que nos cercam todos os dias (pólen de árvores, pêlos de animais, comida e assim por diante).

Primeiro de tudo, tal doença ocorre em pessoas que estão predispostas a isso geneticamente. Isto é, significa que não a doença é transmitida por herança, mas apenas predisposição.

Uma alergia pode se manifestar a qualquer momento.

Os sintomas de alergia alimentar em lactentes podem ser diferentes – problemas com o trato gastrintestinal (fezes soltas, vômitos, sangue nas fezes, regurgitação persistente), ataques de sufocamento, rinite alérgica e dermatite atópica.

Alérgenos

Os alérgenos são proteínas estranhas que podem entrar no corpo humano de várias maneiras.

Com comida. Os médicos os chamam de alérgenos alimentares.

Através da pele em contato. Eles são chamados de alérgenos de contato.

Com ar inalado. Eles são chamados de alérgenos inalantes.

Muitas vezes, esses caminhos se cruzam. Por exemplo, uma criança entra em contato com o cabelo e a saliva de um cão, e partículas de lã e partículas de saliva são inaladas com ar.

Na primeira idade, os alérgenos podem ser causados ​​por alérgenos alimentares. Após quatro anos, as crianças desenvolvem a chamada imunidade aos alérgenos alimentares, mas, neste momento, a suscetibilidade ao contato e aos alérgenos inalantes aumenta.

Quais alimentos causam principalmente alergia alimentar?

Ovo de galinha.

Leite de vaca.

Nozes.

Amendoim

Soja.

Frutos do mar.

Peixe.

Trigo

Como curar uma alergia alimentar?

Primeiro de tudo, o tratamento deve ser de natureza complexa.

O que você precisa fazer:

1. Você deve seguir uma dieta.

– Amamente o máximo de tempo possível.

– Evitar o contato com alérgenos e avisá-lo com uma dieta de eliminação.

A dieta de eliminação é uma dieta que exclui o contato com possíveis alérgenos. Por sua vez, permite que a imunidade funcione no modo normal. Para tal dieta, são utilizados produtos especiais que contêm uma pequena quantidade de alérgenos ou não os contêm de todo.

– Se você está amamentando, então você deve seguir uma dieta rigorosa.

É importante levar em conta o fato de que alguns alérgenos podem entrar no corpo com leite humano e depois provocar o sistema imunológico.

– Não tente escolher um produto específico para o seu filho. Pode ser escolhido apenas por um médico.

– Duração da dieta é determinada por um especialista. É necessário descansar o sistema imunológico.

2. Tratamento com medicação.

Medicamentos específicos e duração da aplicação são prescritos pelo médico, com base no grau da doença.

3. Nutrição terapêutica.

Se o seu filho tem uma alergia alimentar, o médico deve prescrever a fórmula infantil, que é baseado, são aminoácidos.

Uma mistura que é baseada em aminoácidos é o melhor alimento para uma criança pequena. A mistura fornece à criança todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento e crescimento.

Alergia alimentar em bebês