Vintage: moda do passado

A moda moderna demonstra um maior grau de democracia, tentando herdar as melhores conquistas dos últimos anos e dando, como resultado, uma grande liberdade em nossas preferências. Na época de sua origem, o termo “vintage” significava citar as tendências da moda dos anos 50 do século passado.

Até hoje, esse conceito expandiu significativamente seus limites. Como um exemplo bastante vívido disso, podemos mencionar alguns britânicos bem conhecidos que em 2012 ditaram condições nos círculos dos neoconservadores.

O estilo de Kate Middleton é uma combinação completa para a Situação da sociedade, combinada com uma personalidade brilhante e uma elegância inata.

Ela é uma fã de tendências tradicionais, como evidenciado por seus chapéus vintage, vestidos, jaquetas, saltos clássicos e saias abaixo do joelho.

O sabor sutil permite que Kate selecione seus acessórios de uma maneira especial, o que coloca seu estilo fora do tempo e da concorrência.

Kate Moss prefere se vestir em um guarda-roupa 60-70s. Entre as roupas mais comuns, você pode prestar atenção às saias lápis, pequenos vestidos, camisetas soltas e até jeans desgastados.

A aparência mais brilhante de Kate é a aparição no vestido do casamento cortado por John Galliano.

A era dos anos 50 é o cartão de visitas de Carey Mulligan. O próprio nome da atriz está associado a um corte de cabelo curto, coleiras e trapézios intrincados em combinação com o balé.

Vintage: moda do passado